Silvia Leticia elogia Ministério da Saúde por decisão que garante tratamentos a pessoas trans

0

A vereadora Silvia Leticia (PSOL) elogiou a decisão do Ministério da Saúde (MS) de ampliar os procedimentos do SUS para inclusão e garantia de tratamento a pessoas transsexuais na rede pública.  “Isso é muito importante. Foi uma ação do Partido dos Trabalhadores que questionou o Supremo Tribunal Federal e assim assegurou que homens e mulheres possam fazer vários procedimentos e exames que antes tinham restrição por conta do gênero”, explicou. “Isto é uma conquista”, definiu a parlamentar, estendendo os elogios à atuação do Ministério Público nessa questão. O MS mudou, no dia 21, a classificação de gênero para 271 procedimentos de saúde no SUS, incluindo vasectomia, tratamento de câncer de útero, parto, mastectomia (retirada das mamas) e exames específicos da saúde masculina e feminina.

Silvia Leticia disse que é mãe de duas pessoas trans e, nessa condição, tem acompanhado os esforços deles para garantir o acesso a procedimentos indispensáveis.  Seu filho – como relatou – cumpriu todos os procedimentos para utilizar os serviços de saúde, mas não tinha direito a procedimentos ginecológicos. “Ele precisa porque ele tem útero, mas não pode por conta da identidade de gênero. Se ele quisesse engravidar não poderia, porque não teria acesso ao pré-natal e ao parto, pelo mesmo motivo”, explicou.  Dificuldades semelhantes – continuou a parlamentar – são impostas a sua filha, que não pode fazer um exame de próstata, por exemplo. A vereadora disse que pretende reforçar a iniciativa federal no âmbito municipal e para isso pediu a ajuda de todos os colegas vereadores.

Texto: Socorro Gomes
Fotos: Renan Alvares/SERFO-DICOS

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade